segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Fruta da época...


Eu já sabia que nesta época as pessoas se tornavam autênticos selvagens mas, até trabalhar numa grande superfície, nunca me apercebi da real dimensão dessa selvajaria.
As pessoas mexem em tudo, tiram tudo do sítio, rasgam embalagens, são mal educadas... e tudo porquê? Porque têm que gastar dinheiro em prendas para uma data de gente? Só gastam porque querem! Eu, por exemplo, nem quero saber. Não comprei nem uma prenda de Natal aliás, nem faço ideia do que oferecer seja a quem for... Este ano não me apetece mesmo! Estou mesmo numa de ficar sossegado e esperar que o Natal passe...

Eu sei, já no ano passado estava rabugento em relação a esta época... e, ao que parece isto tem tendência a piorar com o passar dos anos! Lol!
Mas agora a sério, esta época de consumismo desenfreado trás à tona o pior das pessoas. Supostamente, deveria ser uma época de paz e harmonia mas, o que acontece à medida que a data limite de comprar as prendas se aproxima, são autênticas batalhas campais... deviam ver o estado em que as prateleiras da secção dos brinquedos fica quando as portas se fecham.

6 comentários:

sakura disse...

Como te entendo... Eu sei bem como é.
Por vezes só apetece responder aos clientes mal-educados com um Feliz Natal para si também!
Haja paciência...
Mas depois vem a passagem de ano e...farra! :)
Bjinhos***

Matchbox32 disse...

É verdade, a passagem de ano é boa para aliviar o stress do Natal! Lol!

Beijinhos!

Vani disse...

Oh pah, nem sequer me vais dar uma mísera prendinha???? :´(


:D


ps - eu nem me lembraria que é natal se o pessoal não estivesse sempre a falar dele oh oh oh!

Matchbox32 disse...

Acho que vou dar prendas é a mim mesmo! Lol!

Beijinhos!

Teté disse...

Uma vez, numa dessas confusões, até me comecei a sentir tonta - havia quem andasse ao empurrão e tudo. Olha, deixei lá o carro com as compras e vim-me embora...

Beijinhos!

ps - Gostei da imagem simpsoniana... :)

Matchbox32 disse...

Eu também quando entro num supermercado e vejo que as caixas estão apinhadas de gente, dou logo meia volta e saio por onde entrei!

Beijinhos!