quinta-feira, 23 de abril de 2009

Escolhas

Há uma coisa que me irrita nas pessoas...
É a mania que têm de quando chegam aos 30 (ou menos) arranjarem um pirralho.
Como se isso não bastasse, ainda se põem a perguntar aos outros (a mim, por exemplo):
"-Quando é que arranjas um?"
Claro que a minha resposta, invariavelmente, é:
"-Nunca!"
Fazem um ar surpreendido e, como se não conseguissem acreditar no que ouvem, perguntam:
"-Mas porquê?" - já imaginando uma doença terrível para poderem explorar.
É nessa altura que eu contra-ataco:
"-Porque gosto da minha vida!"
Incrédulos e quase a roçar o ofendido, dizem:
"- Mas isso é egoísmo da tua parte!"
E eu, contente por tê-los onde quero, respondo:
"-Pois sou. E posso ir passar fora os fins de semana que quiser e onde quiser sem ter que pensar com quem posso deixar os putos ou ter que escolher um sítio onde eles possam ir."
É por esta altura que chegam à conclusão que nunca podem ganhar este debate e optam por atacar outra vítima.
E quando começam com aquelas conversas de "a minha Cátia fez isto, o meu Gonçalo fez aquilo..."? Que seca! Aí, começo logo com uma conversa de um fim de semana qualquer que fui fazer e é vê-los desmanchar o sorriso enquanto pensam: "E eu estive o fim de semana todo a aturar estas pestes!"
Porque é que as pessoas não são capazes de aceitar que, simplesmente, há pessoas que não querem ter filhos, que não querem aturar pirralhos birrentos e mal educados onde quer que vão? É assim tão complicado?

4 comentários:

Teté disse...

Não, não me parece complicado!

Conheço quem diga o mesmo e cumpra, conheço quem tivesse dito o mesmo, sem cumprir... :)))

Também conheço pessoas que têm ou tiveram imensa pena de não ter filhos, por impossibilidade física ou falta de parceiro, outras que consideram que, no fim de contas, ficaram melhor sem filhos!

Uma coisa é certa: um filho (ou mais) é um trabalho para uma vida inteira! Fonte de alegria, mas também de muitas preocupações! Isto para os que querem ser bons pais, evidentemente, porque também há quem os tenha e depois não lhes ligue nenhuma! Há muitos mitos em volta dos "queriduchos que vão ser os nossos meninos", mas a verdade é que eles têm defeitos e qualidades como todos nós... o que para alguns é uma grande desilusão! :D

Beijinhos!

Matchbox32 disse...

Pois, é verdade. Há muitas pessoas que acabam por ser pais sem estarem minimamente preparados, não sabem lidar com eles e depois acabam por criar "monstrinhos" imbirrantes e mal educados!

Beijinhos!

Luz do amanhecer disse...

"Eu gosto da minha vida"
Gostei dessa frase!
Filhos???!!Também não me imagino no papel de mãe! Mas às vezes a "vida toma decisões por nós", e é uma surpresa agradável, assumir um papel que à partida não se queria, mas acaba por adorar-se assumir esse papel. É só ter a mente aberta para todas as possibilidades...

Matchbox32 disse...

Pois, os acidentes acontecem... Lol!

Beijinhos!