quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Uma questão de jeito...

No passado dia 17 de Julho, se se recordam, houve um grave acidente de aviação no Aeroporto de Congonhas, em S. Paulo, no Brasil...
Em que, um avião foi colidir com um edifício atingindo também, uma bomba de gasolina...
Muito se especulou acerca das causas do acidente. Quer fossem técnicas (já tinham sido lançados vários avisos de que a pista seria extremamente escorregadia em dias de chuva), quer fossem atmosféricas (o temporal que se abatia sobre S. Paulo à hora da aterragem). Ora, se já tinham avisado que a pista era escorregadia quando molhada e, estava a chover a potes... era de prever que acontecesse algo assim!
Hoje, vieram os senhores inspectores dizer que "não pareceu que a pista tivesse qualquer problema" - palavras dos próprios.
Entretanto, há uns dias vieram dizer que tudo apontava para causa humana... pois...
Realmente, assim é muito mais fácil... acusar o piloto de ter a culpa... vieram dizer que, ao inverter as turbinas para travar o avião, inverteu apenas uma, fazendo com que o avião girasse sobre si mesmo...
Mas isto cabe na cabeça de alguém? Um piloto com milhares de horas de voo, lembrar-se de se pôr a fazer piões?
Mas acham que as pessoas são parvas? Já agora, digam que o homem fez aquilo de propósito... sinceramente!
Realmente, é muito mais fácil acusar uma pessoa que morreu do que acusar a empresa que fez as obras na pista, o instituto que gere os aeroportos brasileiros ou, a empresa que faz a manutenção dos aviões... (é que estes, estão vivos e têm muito dinheiro logo, muito poder!)

2 comentários:

Vanadis disse...

Sim, acusar o piloto morto é muito confortável para todos. E o bode expiatório do costume, o Governo, tb foi acusado. Quando houve aquela suposta manifestação de agrado dos acessores do Lula, lá vem tudo a correr espalhar que estavam a festejar o acidente!!! Mas isto cabe na cabeça de alguém???? Desde qd alguem festeja a queda de um aviao?? quanto muito festejaram a culpa ter sido atribuida inicialmente a quem devia, às condições da pista, e não ao governo! Mas que raio tem o governo a ver com a queda do aviao??
Com o que se passa na amazonia, o governo tem culpas, tem. Mas na queda de uma aviao? oh pah...

Teté disse...

A isto chama-se o jogo do empurra. Que se traduz, na sua versão mais simplificada, em que a culpa e responsabilidade é sempre alheia...