terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Como sabemos que amamos alguém?

Sabêmo-lo quando olhamos nos olhos da outra pessoa e vemos aquele brilho especial que tanto nos aquece o coração, é vermos a felicidade lá espelhada quando olham para nós...
É amor, é felicidade, é... indescritível! A verdade é essa, podemos andar à procura de palavras caras, de palavras perfeitas mas, a verdade, é que é indescritível e, discutível também.
Primeiro, porque simplesmente, estamos nas nuvens e não conseguimos descer de lá para parar e tentar definir o que estamos a sentir.
Segundo, nem todas as pessoas o sentem da mesma forma. Por isso, o que para uns é verdade, para outros não o é ou então, não é apenas isso ou, não é bem isso...
A verdade, é que quando amamos, ao olhar a pessoa amada nos olhos, perdemo-nos completamente neles, ficamos como que hipnotizados... e isso, é algo de tão precioso!
Sentir isso é extraordinário, conseguir voar por todo o lado sem necessidade de ajuda, é ir aos confins do universo e voltar sempre com um sorriso nos lábios como se tivéssemos ido já ali... é das melhores sensações que se pode ter nesta vida...

5 comentários:

su disse...

É verdade, não é? Aquele sorriso que nos nasce não se sabe bem de onde mas que ilumina todo o nosso coração por dentro! Parece magia...mas, no final, é uma coisa tão simples, tão bonita...o AMOR!
:)

Matchbox31 disse...

É isso: ao fim, ao cabo, acaba por se gastar tempo a pensar em definições e palavras quando, na realidade, o amor não pode ser definido... sente-se e pronto! E é isso mesmo, pura e simplesmente... AMOR!

Luz do amanhecer disse...

Agora que definiste tão bem "Amor", podes responder a esta pergunta:
Porque é que esse brilhozinho nos olhos desaparece às vezes tão rapidamente, outras vezes tão facilmente? O amor devia ser mais eterno enquanto dura!
Bem, mas não quero estragar a onda de amor que se espalhou por estes lados...

Luz do amanhecer disse...

Para quem ainda há pouco tempo falava assim:
"Os apaixonados, essa raça em vias de extinção! Lol! Estou a brincar, apesar de tudo, ainda acredito no amor..."
Mudaste de opinião, e agora acreditas no amor mesmo?

Vanadis disse...

LOL, pessoalmente acho que essa sensação de estar nas nuvens descreve melhor o apaixonamento do que o amor. O amor, muitas vezes, é uma carga de trabalhos e nem sempre se está nas nuvens! ;-)