sábado, 30 de junho de 2007

Pleno século XXI

Estamos em pleno século XXI, altura em que, supostamente, há uma mudança (abençoada sejas!) de mentalidades... pois, pois...
Era para ser, era!
Mas não, infelizmente não, a mentalidadezinha de brenho e machão continuam a existir, continuam a haver aqueles "caras de estúpidos" (este nome é invensão minha), para quem as mulheres são para estar em casa sem ter direito a nada, apenas trabalhar para o cabrão de merda do marido. Mal a mal, podem respirar porque senão morriam e depois não lhes podiam abrir as pernas todas as noites!
Isto irrita-me profundamente!
E o que me irrita mais ainda, é o facto de as próprias mulheres deixarem e não fazerem nada!
Por exemplo: A personagem do José Cid... No dia seguinte telefonou-me, a chorar, a dizer que o filho da p**a do marido a tinha humilhado e proibido (vejam bem se pode) de sair de casa sem ser para o trabalho... e que quando ela se arranja e se põe bonita é para os outros... e ela consente! Porque pela igreja, tem que se obedecer ao marido... ge, ge...
A IGREJA QUE SE F**A!!! Está bem?
Choca-me um bocado a cobardia dela... ainda por cima aquele cara de cú é um raquítico qualquer, ela chegava para ele na boa! Conseguiu fazê-la perder a boa disposição, o gosto pela vida...
E ainda me diz que é por causa do filho, que faz tudo por ele. Filho esse, que se está a tornar, a olhos vistos, num estuporzinho como o cabrão do pai.
É que todos os pares de cornos que ela lhes pôs comigo, só pecaram por escassos...
Acho que é o que um homem assim merece (à falta de outra coisa mais rija)...

P.S: Peço desculpa se feri algumas susceptibilidades, mas é que hoje estou revoltado com isto e com o facto de as pessoas não lutarem por aquilo em que acreditam e, principalmente, por terem medo de ser felizes!


5 comentários:

Vanadis disse...

Não percebi a parte da personagem do José Cid. Deixa tar, eu tb me irrito com muita cena...queres que vá dar um carguio de porrada ao raquítico????

Vanadis disse...

A igreja que se foda!! Eu cá posso dizer palavrões, não sou baptizada!!!! Muahahahahah!!

Matchbox30 disse...

Eu também não! Apetece-me descascar na puta da igreja!
Cada vez desprezo mais aquela instituição mesquinha, falsa e, acima de tudo manipuladora!
A personagem do José Cid é aquela senhora, da qual eu fui amante e que há uns dias me disse que tinha ido ver o concerto dele.

Matchbox30 disse...

Por mim, se fizeres o obséquio de "enxertar" a criatura, estás à vontade... mas eu também quero!!!!
Já sei! Pendura-mo-lo ao tecto e fica como saco de areia! (mesmo assim, acho que é muito leve!)

Vanadis disse...

Saco de boxe, diz antes saco de boxe!!! Ah, por momentos pensei que ela era mulher do José Cid...