terça-feira, 10 de julho de 2007

7 Maravilhas...

Alguém que tenha visto a gala das 7 maravilhas de Portugal que ponha a mão no ar! (é indiferente porem ou não porque de qualquer das maneiras, eu não consigo ver daqui!)
É impressão minha, ou aquilo foi do mais salazarista que há?
Sim, salazarista vem de Salazar, aquele que segundo José Hermano Saraiva, não era facista... pois não, era salazarista!
Sabem o que me fez lembrar?
A Exposição do Mundo Português... acontecida em pleno estado novo, na década de 50, com o objectivo de "embasbacar" o povinho e, para a qual foi construído o padrão dos descobrimentos. Desta exposição descende, ainda, aquela estupidez a que chamam "Portugal dos parvitos"... ai, perdão, dos pequenitos (lá está, outra vez, a boca a fugir-me para a verdade).
Voltando às 7 maravilhas... é simples, foi uma estupidez igual à anormalidade da eleição dos grandes portugueses!
Nesse caso há 3 hipóteses:
  1. O público português é completamente estúpido e gosta de gastar dinheiro inutilmente telefonando para linhas de valor acrescentado, votando no primeiro que ouviram falar sem saber quem é nem o que fez;
  2. O povo português tem falta de memória e é tapadinho a ponto de não distinguir uma pessoa que ajudou o país de alguém que fez o povo passar fome e mandou "calar" muitos;
  3. E mais provável, o concurso foi viciado pelos salazaristas eclesiásticos que ainda hoje, influenciam os media neste país.

Voltando, outra vez às maravilhas... coincidência, ou não, das maravilhas votadas, 3 são mosteiros (Batalha, Alcobaça e Jerónimos) e o que merecia fazer parte não era nenhum deles (Convento de Cristo). E, com excepção do castelo de Guimarães, são todos no centro a pouca distância de Lisboa sendo 2 delas mesmo em Lisboa.

Pergunta 1: Que piada é que a porcaria do mosteiro de Alcobaça tem para ser considerado uma maravilha?

Resposta: É um símbolo da igreja.

Pergunta 2: E o sul, não tem maravilhas?

Resposta: Não. O sul é um deserto... só tem areia e camelos. E mouros...

Pergunta 3: Porque é que o castelo de Guimarães foi o único, fora do centro, a fazer parte da lista?

Resposta: Porque é um símbolo da nacionalidade! Salazarismo em acção, outra vez!

Grandes concursos! Alguém me pode explicar qual é a utilidade disto?

O que é que estas coisas contribuem para a nossa felicidade? Ou será para estarmos entretidos com estas parvoíces e não vermos outras coisas muito mais importantes e mais graves?

5 comentários:

CEMREMOS disse...

Também não entendo muito bem a lógica disto tudo! Existem recantos em Portugal que não são mais do que puras maravilhas, pelo menos para mim! Enfim! E realmente parece mesmo que o sul é (des)considerado um deserto!

Vanadis disse...

Olha lá, tás-me a chamar camelo, moura...????...eu respondo: COM MUITO GOSTO!!!!! lol!
Na verdade isto é uma espécie de deserto, um deserto carregado de camones e camonas, onde turista é muito mais bem recebido do que nativo. Mas comigo tão feitos ao bife.

Vanadis disse...

As maravilhas do mundo até escaparam, só por uma razão, porque Machu Pichu ganhou. :-)

Matchbox30 disse...

Nem mais, vanadis. Macchu Picchu ganhou e eu hei-de lá ir nem que seja a última coisa que faça na vida!
Outra coisa linda, que me orgulhou imenso, foi quando anunciaram a estátua da liberdade (que não ganhou nada), ter-se ouvido uma assobiadela monumental! Em todo o estádio! Espectacular!

Cemremos: O nosso sul é a maior maravilha de Portugal. Quem votou e quem seleccionou os sítios é que é completamente anormal! LOL!

Vanadis disse...

Pois, eu tb tenho um sonho assim do estilo: viver para ver machu pichu. :-) iiiiiiiiiiiiiiiiiiih