segunda-feira, 23 de julho de 2007

Improviso

Hoje, estou sem inspiração...
Por isso, o que estou a escrever, é completamente improvisado... nem sequer tenho tema. É o que sai na hora.
Para minha grande surpresa, quando acordei de manhã, estava a chover. Não era grande chuva, era aquela chuvinha estúpida que nem chove, nem molha... humedece. Mas, foi o suficiente para deixar aquele cheirinho a "terra molhada" que eu adoro... sim, eu adoro chuva (já está, já arranjei tema)!
Sempre adorei. Quando era pequeno, adorava saltar dentro das poças. Estragava, propositadamente, os guarda-chuvas que a minha mãe me enviava para não me molhar a caminho da escola e, andava a correr à chuva dias inteiros! Resultado: uma sova e três dias de cama.
Eventualmente, a minha mãe, acabou por desistir... foi isso e o obrigar-me a comer peixe (só comecei com 21 ou 22 anos e mesmo assim, continua a ter que ser grelhado) desistiu de ambos.
Ainda hoje, se há coisa que eu adoro, é andar à chuva... não sei, é algo difícil de explicar o que sinto... é como se lavasse a alma! É uma sensação de pureza, de libertação...
Continuo a não gastar um tostão em guarda-chuvas, aliás, se me quiserem encontrar num dia de chuva, é fácil: basta procurar, numa rua, o único que vai a apanhar chuva propositadamente e a andar nas calmas para a apanhar toda...
A propósito de chuva... há uns anos, passou-se uma história curiosa comigo: estava numa visita de estudo em Tróia, numas ruínas romanas no meio do nada. De repente, começou a chover a cântaros e não tínhamos onde nos abrigar, só nos restava correr até ao autocarro (que estava a uns quilómetros) claro que, era longe demais para correr e não valia a pena porque ficávamos iguais...
Obviamente, fui o último a chegar... cheguei, juntamente com a minha professora de fotografia, aos saltinhos, a cantarmos " I'm singging in the rain..." enquanto os outros, já no autocarro, olhavam para nós como quem diz: - Coitados, enlouqueceram com a chuva!
Nunca me esquecerei... levava um isqueiro no bolso das calças que enferrujou de tão molhado que ficou! Se saltasse para uma piscina não me molhava mais!!!
Mas, sinceramente, adorei... não me importava de passar por isso outra vez!
É verdade, há outra coisa que eu adoro... tempestades!!!
Adoro, adoro, adoro!!!! Sejam tornados, furacões, ciclones, tufões... etc.
Mas, isso fica para outro dia... por hoje já chega, isto ia dar pano para mangas!
Para quem não estava inspirado, não está mal...

15 comentários:

Vanadis disse...

Realmente...com que então não estavas inspirado. Já vi que a chuva te fez caracóis (tens de ir ao não quero! para perceber esta...lol)...
Mim na gota de chuva, na gota de se molhar. Quer dizer, mim só gota de chuva em duas ocasiões. Ou quando estou em Querença frente à lareira, vendo alta tempestade a ferir a terra com raios e relampagos (no meio da serra é um espectaculo lindo). Ou quando estou na caminha, com cinquenta lençois em cima, pensando em como ali debaixo nada me poderá fazer mal.

Matchbox30 disse...

Chicken! lol...
e quando te molhas, ficas que nem 1 pinto... lolada!

Vanadis disse...

Qual chicken qual carapuças!! Eu já passaei por um tornado!! Passou mesmo pela minha casa! Toma-te!

Matchbox30 disse...

Que inveja!
Eu dava tudo para assistir a um tornado em directo!

Matchbox30 disse...

Conta lá.... foi fixe, não foi? Já assisti a árvores a cairem à minha frente... mas nunca vi isso...
P.S: já vi o filme Tornado 17995 vezes!

CEMREMOS disse...

Parece-me que és um mestre do improviso. Essa do "Singing in the rain" tem direitos de autor, been there, done that!. Raios e coriscos, vou mas é embora antes que fique mais eléctrica ainda.
Andar à chuva é bom, aliás, a água tem esse poder regenerador. Let it rain on us!lol E o cheiro da terra molhada é qualquer coisa que não tem explicação ( suspiro ). Bom post!Sem preguiça.

Matchbox30 disse...

Sem preguiça!lol! Obrigado cemremos...

Vanadis disse...

Também adoro o cheiro da Terra molhada. Mas odeio o cheiro de relva molhada...aliás, odeio o cheiro da relva e ponto final.

Quanto ao tornado, aquilo foi há...deixa cá ver...tu tavas no 11º...foi há...qual é a nossa idade mnesmo?...bem, não importa, tava eu no 11º a fazer um relatório de biologia com uma amiga quando começamos a ouvir o grande brooooooommmmm. Primeiro pensámos que era um camião a passar lá fora. Mas aquilo durava e durava. Depois pensámos num tremor de terra. Mas a terra não tava a tremer. Depois é que reparei que os painéis e portas da casa tinham enlouquecido. Só quando olhei para a rua e vi as nossas árvores a beijar as próprias raizes (de tão dobradas que estavam) é que percebi que estava a passar um tornado ali.
Primeira reacção: abrir a porta para meter o cão dentro de casa. LOL. Valeu-nos a Cata, que não me deixou abrir a porta. E a Rita, demais, "mas é só um ventinho!!" Só um ventinho???? Quase que levava a casa atrás!!!
A nossa relamente não levou. Mas levou a casa de banho exterior de um homem (e o gajo estava lá dentro na altura!!!), umas quantas galinhas, o recheio de uma casa (entrou por uma janela, saiu por outra e levou tudo atrás), muitos telhados, muitas árvores...
E parece que atravessou o campo da bola, no preciso momento em que estava a haver um jogo. Aquilo foi bola para um lado, jogadores para outro, claques para acolá, outros para acoli...
E, melhor mesmo, foi que nos livrámos do relatório de biologia!!! LOLOLOL. Imagina a cara da profe quando lhe telefonámos a dizer que não iamos conseguir entregar o relas porque nos tinha passado um tornado em cima!! A nossa sorte foi o Jose Rodrigues dos Santos ter anunciado muito serio que uma tromba de água tinha lançado o panico em loule (metade da cidade nem sabia o que se passava). E tivemos direito a uma semana de adiamento. EHEHE!!!
Então, que tal de história de tornado? Dava um filme??

Matchbox30 disse...

Muito, muito fixe!
Dava dava partes de mi para ter assistido a isso...
Este comentário teu dava para um post!!!!

Vanadis disse...

Credo, és um bocado masoquista, não??? o-O

Vanadis disse...

Ou então tens um costela helen hunt!!

Vanadis disse...

Agora que penso nisso...cá pa mim tu querias mas era uma costeleta da helen hunt, e disfarças dizendo que gostas de tornados...

Matchbox30 disse...

eh pá... siceramente, o que eu queria, era as duas coisas!
Adoro tornados! E assistindo à sua passagem com a Helen Hunt a meu lado... ui! Isso sim... era ouro sobre azul!

Vanadis disse...

E o que era o ouro e o que era o azul???

Matchbox30 disse...

LOL! Marota!
Ora era 1 o ouro ora era o outro... pra variar 1 pouco... lol!