sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Tudo arde

A verdade é essa, tudo arde desde que lhe apliquemos a faísca adequada.
Mesmo a pessoa mais calma e mais bem disposta, se soubermos onde a atingir, também arde, explode.
A prova disto, é uma pessoa que há praticamente 5 anos (faz dia 7 de Fevereiro) anda a lutar para que a relação em que está dê certo acontecer-lhe isto:
Estava a trabalhar na loja e o telemóvel toca:
- Estou? Bom dia!
- Bom dia!
- Então, está bom? Daqui é a D. Lurdes, era para encomendar um pãozinho para amanhã...
- Sim, senhora. Fique descansada que já apontei aqui na lista. Fica guardado para quando vier.
- Obrigado e até amanhã se dEUS quiser.
- Até amanhã, D. Lurdes.
Até aqui tudo bem. O problema, é que alguém telefonou ao mesmo tempo encontrando, portanto, o telemóvel impedido.
Ligando depois diz:
- Então? Estavas a falar com alguma das tuas amantes? - a gritar.
- O quê?
- Sim, tinhas a merda do telemóvel impedido!
- E tu vais daí e decides, logo, que estou a trair-te? Achas isso normal?
- Sim, porque não acredito em ti!
- Eu não mereço isso, não tenho culpa de o trabalho te estar a correr mal de estares zangada seja com o que for...
- Mas que engraçado que tu és! Já te estás a fazer de vítima!
- Chega, eu não aguento mais isto! As tuas desconfianças, as tuas acusações... chega!
- Ai estás fartinho, é?
- Eu não mereço o que me estás a fazer, não mereço que me trates assim! Começou logo no ano novo a dizeres que não precisavas de mim à frente das tuas amigas!
- Vai badamerda! - e desligou o telemóvel na cara.
- Puta do caralho! Vaca de merda!

E foi assim...
Como se pode ver, a penúltima frase do texto, juntamente com o desligar o telemóvel na cara, foram a faísca adequada para atiçar o fogo que deflagrou na última frase.
A faísca adequada para atear o fogo em mim é um cocktail de que fazem parte: injustiça, falta de respeito, duvidarem da minha pessoa, acusarem-me injustamente...
Tudo isto, faz com que eu expluda! Normalmente, consigo-me controlar, mas quando parte de alguém importante para nós, parece que se multiplica por mil!

25 comentários:

Hespéra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hespéra disse...

Toda a gente "explode" de vez em quando. Penso que algumas irritações que tenho me tiram tempo de vida, mas não as consigo evitar! Quando é com alguma pessoa que gosto é pior ainda! Por mais que o tempo passe e tudo se desculpe ou se esqueça a atitude permanece como areia numa engrenagem...

Hespéra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Matchbox32 disse...

Que se passou com os teus comentários, luz? Lol! que confusão! eh eh! É verdade, leva muito tempo a passar e quando volta a acontecer várias vezes... não é apenas areia, é uma pedra no sapato!

Anónimo disse...

Amar-te foi um grande erro...

Hespéra disse...

Apesar da confusão que deves estar a passar, além da confusão dos comentários, podes eliminar os "eliminados" que já não aparecem!

Rui Caetano disse...

Agarremo-nos a 2008 e construamos o caminho dos nossos sonhos. Eles dependem de nós.

Anónimo disse...

Da maneira como estás a escrever, quem está a seguir o teu blog poderá estar a confundir duas pessoas muito distintas que, pelo que parece, estiveram contigo ao mesmo!

Ana disse...

Bem, yo na tou a perceber nada, ué.

Ana disse...

Eu tb expludo. E atiro com telemóveis, expulso pessoas de casa, projecto a voz até ao Inferno... ok, vou voltar para os meus girassois. E mudar o penso á orelha...

Anónimo disse...

Precisamente, Vanadis, o Match não está a falar da pessoa que conheceste em Faro...

Quando li este post, foste a 1ª pessoa que me veio à mente que poderia confudir...

Ana disse...

Olha, ana, por acaso não pensei em ti. =) Disse logo, ele não pode estar a falar da ana. =)

Matchbox32 disse...

Ana: Vês o que dão as tuas precipitações e confusões? E isso de assinares "anónimo" não tem graça nenhuma!

Vanadis: pensava que era eu que pintava girassóis... lol!

Luz: Não faz mal, estava apenas a brincar contigo... lol!

Anónimo disse...

"duvidarem da minha pessoa, acusarem-me injustamente...", dá vontade de rebolar a rir... Esperta foi ela...

Ana disse...

Match, não me parece nada que a anónima seja a Ana...

Anónimo disse...

Vanadis, na verdade, o primeiro anónimo é meu. Foi feito um pouco a quente e nem era para o ter publicado. Só dei conta que o tinha publicado anónimo depois do comentário do Match.

Relativamente ao segundo anónimo, não faço ideia de quem seja.

Hespéra disse...

Ups, parece que a tua história está a ser toda devendada aqui! E agora como descalças esta bota?

Ana disse...

Enfim, eu só acho que tudo tem uma explicação razoável e racional. Na precisa explodir. Mas na verdade todos explodimos...

Unknown disse...

Bem, meu amigo, isto parece ter sequelas tipo telenovela mexicana...com episódios e cenas do próximo capítulo e tudo.
Primeiramente, explodir toda a gente o faz, demore o tempo que demorar...eu sou daquelas que demora. Muito calma até certo ponto e aí é o fim realmente.
As poucas únicas pessoas na minha vida (foram duas e não me esqueço!) que me mandaram à merda (e desculpa a expressão!) nunca mais me ouviram falar com elas, por mais que tentassem. Sou assim...não admito faltas de respeito, precisamente porque não o faço aos outros...mesmo que o estejam a merecer! Esta é uma daquelas expressões que me soa tão mal e me faz explodir no momento!
Acho que quando uma relação entra nestes caminhos não é uma relação há muito tempo! É uma doença. Para ambos...que a alimentam, e não curam...se calhar porque o mais importante já não existe: o amor e o respeito.
xxx
Agora, sempre detestei pessoas que escrevem debaixo das formas de anonimato. Não me parece de muita boa formação.
xxx

And the winner is?!...

Ana disse...

Su, o anonimato da ana foi um lapso informático. Ela depois veio identificar-se e explicar.

Estas histórias são sempre muito complicadas porque envolvem sempre dois seres humanos. E não se resolvem na internet... :-p

Ana disse...

Não há winners aqui. Há seres humanos, cada um com a sua história e sentimentos.

Matchbox32 disse...

Estou a ver que a moda do anonimato pegou... por esta vez passa mas à próxima apago todos os coments anónimos...

su: quando se perde o amor e o respeito, não vale a pena continuar...

vanadis: a explosão já foi, é uma assunto enterrado.

anónimo: Who are you?

luz: POis isto está a ficar muito remexido...

Unknown disse...

vanadis: Eu percebi quem era a anónima "Ana"! Eu estava a falar era da outra "anónima"! :)

Também sei que não há vencedores...foi apenas uma força de expressão como remate de uma pseudo luta verbal que estava a decorrer com este post polémico. Com este género de discussoes são sempre e apenas as pessoas que perdem: tudo! Porque todos nó temos hitórias e maneiras diferentes de lidar com as coisas...

Unknown disse...

Não sei o que é que se passa com o teclado...começa a "comer" letras" queria dizer "nós" e "histórias" ali em cima! :/

Ana disse...

=) Oki, su! =) é que eu conheço a Ana e gosto dela, e ela não tem esse estilo "anónimo" ;-). E o Match sabe, ;-p.

Pois, o Matchito é explosivo!! =D né match????

E esses girassois?? ;)